Voltar para Todos os Eventos

MESA 16 - BELO MONTE, MARIANA E OS CAMINHOS DA MANTIQUEIRA

  • Auditório do Centro Educacional Integrado Rua Coronel Sebastião Marcondes da Silva, 1 Santo Antônio do Pinhal - SP (mapa)

Carol Pires
Galileu Garcia Junior
José Roberto Manna
Mediação: Roberto Guimarães

Após o debate, será exibido o documentário Caminhos da Mantiqueira, de Galileu
Garcia Junior, com a presença do diretor

É possível combinar desenvolvimento econômico e preservação ambiental? Essa reflexão ganha especial relevância em Santo Antônio do Pinhal, vilarejo de 7 mil habitantes incrustado na APA (Área de Proteção Ambiental) da Serra da Mantiqueira, oitava área mais rica em biodiversidade do mundo e com um dos maiores estoques de água mineral. 
O impacto ambiental e social causado por megaprojetos de desenvolvimento a qualquer custo, como Belo Monte, e a catástrofe anunciada de Mariana com seu violento oceano de lama que ceifou vidas e o futuro de uma comunidade são exemplos recentes de que o debate ambiental é não apenas natural, pela FLIMA ter raiz mantiqueira, mas inadiável. 
Os efeitos dessas tragédias nos corações e mentes de quem vive Santo Antônio do Pinhal ou visita este lugar tão “privilegiado por natureza” conferem um sentido de urgência por sua proteção e cuidados em sua ocupação. 
A mesa se propõe a refletir sobre os rumos que a Mantiqueira deve trilhar. Mais que equacionar desenvolvimento econômico e preservação ambiental, talvez o caminho passe por entender que a natureza é o seu bem mais valioso e, portanto, possui um valor econômico diretamente proporcional à sua preservação – e que políticas educacionais e culturais consistentes e consequentes podem desempenhar um papel decisivo nesse sentido.

Evento Anterior: 16 de setembro
SARAU DAS ESTAÇÕES: EDIÇÃO ESPECIAL FLIMA
Evento Posterior: 16 de setembro
SHOW DE RAP COM MC CRISTANIEL E DANIEL CHIMP