Voltar para Todos os Eventos

MESA 01 - O PAPEL DO PAPEL: ESTRATÉGIAS DE VALORIZAÇÃO DO LIVRO IMPRESSO

  • Auditório do Centro Educacional Integrado Rua Coronel Sebastião Marcondes da Silva, 1 Santo Antônio do Pinhal - SP (mapa)

Alceu Chierosin Nunes 
Cecilia Arbolave
Plinio Martins Filho 

Mediação: Roberto Guimarães

Johannes Gutenberg levou cinco anos para imprimir a sua Bíblia. Quando a apresentou ao mundo, em 1455, definiu a forma do livro moderno. Com pequenas variações, o livro impresso que circula hoje ainda segue as lições do inventor dos tipos móveis.
Se a essência do livro não mudou nestes 563 anos – páginas impressas encadernadas protegidas por uma capa –, o mesmo não pode ser dito da sua aparência. Basta observar as estantes de uma boa livraria para constatar que, por fora, o livro não é mais o mesmo.
A recente relevância conquistada pelo design de livros (e não apenas de capas) é tema de acaloradas discussões. O que não costuma causar divergências é a necessidade de se produzir um bom objeto para que o livro impresso faça sentido em uma sociedade cada vez mais digitalizada, na qual o consumo de informação e cultura se dá, prioritariamente, por meio de “telefones” celulares.
Qual é o papel do papel neste contexto em que valorizar o livro impresso parece ser o único caminho para manter a essência do livro inventado por Gutenberg? Para ampliar os horizontes dessa reflexão, convidamos três editores e designers que, cada um a seu modo – e em contextos editoriais muito distintos –, contribuíram para elevar a qualidade do livro no Brasil.