Voltar para Todos os Eventos

MESA 07 - O FUTURO TEM UM CORAÇÃO ANTIGO: O ILUMINISMO DO SÉCULO XII

  • Auditório do Centro Educacional Integrado Rua Coronel Sebastião Marcondes da Silva, 1 Santo Antônio do Pinhal - SP (mapa)

Palestra de E. M. de Melo e Castro (Portugal)

A ideia de um Iluminismo no século XII é uma provocação, obviamente, embora pensadores como Umberto Eco (no início de Idade Média) tenham resvalado no tema. Do ponto de vista da poiesis, vale lembrar o olhar de Ezra Pound, que viu nos trovadores o ponto mais luminoso da Poesia, particularmente na poesia de Arnaut Daniel. 
Embora saiba-se hoje que as origens da trova não são eminentemente europeias, com várias teses admitidas por estudiosos contemporâneos (como a tese arábica, que considera a matriz da versificação e da música oriunda das culturas médio orientais pré-islâmicas), para o fazer poético em língua portuguesa é estimulante pensar e refletir a partir das raízes da formação da poesia portuguesa e do legado de trovadores como João Soares de Paiva, Don Dinis e Nuno Eanes Cerzeu. 
É o que faz o poeta Ernesto Manuel de Melo e Castro. Nesse sentido, podemos indagar ao autor de O Paganismo em Fernando Pessoa (2011), se a poesia é ficção. Se o narrador, o eu lírico, é um contador de histórias como eram os poetas do século XII – cavaleiros que se aventuravam simplesmente porque a vida deve ser narrada, contada, para que tenhamos a certeza de que existimos, para que sejamos reconhecidos por um outro, seja o Amor, Deus ou nós mesmos.

Evento Anterior: 15 de setembro
MUTIRÃO PARA PLANTIO DE MUDAS E SEMENTES
Evento Posterior: 15 de setembro
OFICINA TURBANTES, TRANÇAS, POESIA E DANÇA