FLIMA 2019

 

HomeSiteFlimaAGO2019_wide_2.jpg

De 23 a 25 de agosto, Santo Antônio do Pinhal, charmosa cidade com natureza preservada a duas horas de São Paulo receberá dezenas de escritores, poetas, jornalistas, intelectuais e artistas para a FLIMA 2019. 

O autor homenageado será o mineiro Luiz Vilela (Ituiutaba, 1942), um dos mestres do diálogo da literatura brasileira. Ana Maria Machado, Lilia Schwarcz e Luiz Ruffato estão entre os destaques da Programação do Auditório, que começa sexta-feira, 23 de agosto, às 15h30, em com entrada franca.

Os ingressos para as mesas pagas do Auditório custam R$ 30 (inteira) e R$15 (meia) e podem ser comprados aqui: inteira e meia.

As demais atividades da FLIMA 2019 são gratuitas – a programação completa está aqui no site.

No total, são 80 atrações, sendo 69 gratuitas, que estão divididas nos seguintes núcleos:

Programação Auditório: 13 mesas de debates (sendo 10 pagas e 3 com entrada franca) e uma peça de teatro. Confira a programação do Auditório

Espaço Mantiqueira: show do cantor e compositor pernambucano Ortinho (sexta) e slam & jazz (sábado). Conheça o Espaço Mantiqueira

FLI+: oficinas, palestras, debates e outras atividades para jovens e adultos. 23 atividades. Consulte a programação da FLI+

Fliminha: oficinas, contação de histórias, mediação de leitura e outras atividades para crianças (de todas as idades). 15 atividades, incluindo circuito literário sábado e domingo o dia todo Veja a programação da Fliminha

FLIMAmbiental: oficinas, intervenções artísticas, plantio e atividades que promovem o encontro entre educação ambiental, literatura e arte. 16 atividades, sendo 3 oferecidas o dia todo. Confira a programação da FLIMAmbiental

Praça: Música e teatro. 10 atrações. Confira a programação da Praça

Uma novidade deste ano é o telão com transmissão simultânea da programação do Auditório.

Ele ficará no espaço de convivência com praça de alimentação, feira de produtores da Mantiqueira e outras atrações.

É ali que o cantor e compositor pernambucano Ortinho fará o show de abertura da FLIMA 2019, sexta-feira, dia 23, às 22h30, com entrada franca. No dia seguinte, também às 22h30, o slam & jazz, com poetas da cena do Vale, fecha a programação do sábado.

SOBRE A FLIMA

A FLIMA é uma iniciativa cultural independente que desenvolve atividades de difusão da literatura, promoção do livro e formação de leitores.

Santo Antônio do Pinhal é um dos sete municípios paulistas que fazem parte da APA da Mantiqueira – Área de Proteção Ambiental.

Tendo como inspiração sua natureza ainda preservada, que emociona e convida à reflexão, a FLIMA foi concebida para celebrar a literatura viva.

Um de nossos diferenciais é levar o meio ambiente para o centro do debate – temos um eixo temático com atividades que combinam literatura e educação ambiental.

Literatura viva é também homenagear um autor vivo.

Em 2019, com curadoria do idealizador do projeto, Roberto Guimarães, o homenageado será o mineiro Luiz Vilela.
Na FLIMA 2018, que contou com curadoria do editor Vanderley Mendonça, homenageamos o poeta Augusto de Campos.

Literatura viva é, acima de tudo, lançar um olhar mais inclusivo e democrático para o fazer literário contemporâneo.

O principal objetivo da FLIMA é contribuir para que a literatura passe a ser percebida como uma forma de expressão viva e vibrante e, aos poucos, deixe de ser vista como uma arte elitizada e inatingível.

Para isso, é preciso tirar a literatura do pedestal e aproximá-la das pessoas, sem abrir mão da qualidade (e da diversidade) da programação.

Mais que um conceito, literatura viva é uma tomada de posição.

Em tempos de incertezas e polarização política, globalmente, promover a literatura e a o debate de ideias é a nossa arma para contribuir, ainda que modestamente, para mitigar a intolerância que ameaça o futuro das novas gerações.

Ao contrário da quase totalidade dos projetos culturais no Brasil, a FLIMA 2019 será realizada sem leis de incentivo ou patrocínio de empresas. Ela é realizada com a força do coletivo, o que inclui o trabalho voluntário de dezenas de pessoas.

Os recursos financeiros para pagar pessoas, serviços e outras despesas de produção vêm da venda de ingressos e do apoio de pequenos negócios e pessoas de carne e osso que defendem a causa da literatura e/ou da Mantiqueira.

Nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse terminou em 10 de agosto. Arrecadamos cerca de R$ 20 mil. Temos sido procurados por pessoas que gostariam de ter apoiado, mas perderam o prazo. Se você quiser contribuir financeiramente para a FLIMA, envie uma mensagem para contato@flima.net.br

E vamos juntos semear transformação!